terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Writing challenge - Fiction - 005b. Same scene, this time from the other character’s POV

nndjosn

Xue acordou e penteou-se. Penteou-se lentamente, pois gostava que o seu cabelo ficasse sedoso e macio. Olhava através a janela da sua pobre casa para as crianças que brincavam na rua, pensando se alguma vez a situação dos emigrantes iria melhorar.
Hoje o dia estava alegre. Via-se sol no céu e até se sentia algum calor, o que era ótimo, pois ia hoje começar a trabalhar como jardineira, usando os conhecimentos que adquirira em pequena.
Ela foi a pé, claro, até à mansão. Felizmente não se perdeu, e entrou. Não havia ninguém para a receber, ninguém para lhe desejar um bom trabalho. Tímida por não falar a mesma língua que os senhores, e por não ter roupas bonitas como as senhoras, ficou parada à porta. Contemplou o belo jardim e seguiu os outros homens e mulheres, todos eles jovens e capazes, e fingiu sentir-se integrada. Foi tentando imitar o que eles faziam.
Como a natureza era uma paixão para Xue, o tempo foi passando rápido. Viu que os senhores já estavam a acordar, pois as poderosas cortinas já estavam a ser abertas, e sentiu-se observada. Continuou a fazer o seu trabalho, e veio um dos senhores ter com ela. Sentiu-se extremamente nervosa, pois tinha a certeza que a iam repreender, por algum motivo desconhecido.
Ele apenas disse uma palavra:
- Olá! – Parecia que a estava a saudar, mas apenas a fez ficar mais nervosa. Cortou as pequenas ervas o rápido que conseguia e as únicas palavras que lhe saíam da boca era um pedido de desculpas:
- Jièkǒu, Jièkǒu. – Ela desejou por tudo que ele percebesse e que assim se afastasse um pouco, pois nunca na sua vida um homem, muito menos um homem importante, estivera tão perto dela.
Ele perguntou-lhe qualquer coisa que ela não compreendeu, e falou-lhe mais pausada e calmamente:
- O…meu… nome…é…Byron – Esta era uma das poucas coisas que Xue compreendia, pois as pessoas do seu bairro já lha tinham ensinado. Assentiu e disse o seu, com medo de ser repreendida novamente:

- Xue.

XOXO, Ember Blue

5 comentários:

  1. tens uma imaginação fantástica ;)

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito deste capitulo e do outro que escreveste Ember :)

    ResponderEliminar
  3. Opá gostei tanto!! Tu inventaste este desafio ou viste em algum lado?

    ResponderEliminar
  4. Dos cabelos a narrativa de momento tão singular.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar

Diz-me o que te vai na alma :)