terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Writing challenge - Fiction - 005b. Same scene, this time from a unique POV – for exemple the walls of the room they’re in

Flowers


O arbusto estava em pior estado do que o habitual. Tinha passado todo um Verão sem ser aparado, pois só agora é que os senhores da mansão tinham contratado mais jardineiros, preferencialmente os emigrantes, por serem mão-de-obra barata e eficiente.
As suas folhas já não estavam tão fortes nem tão verdes mas sentia que ainda tinha muito por viver. Sabia também que iam fazer uma nova composição do jardim, tinha ouvido um zumzum acerca disso. Esperava não ser um dos arbustos sacrificados pela nova paisagem.
Mais tarde, chegaram os novos jovens. Muitos deles seriam com certeza emigrantes, pois tinham umas feições estranhas e diferentes. Uma rapariga chegou para finalmente o aparar. Senti-me nas nuvens por finalmente ser tratado.
A rapariga estava com a cabeça baixa, como se não quisesse ser vista. Mas isso não resultou, e mesmo assim chegou o sobrinho da senhora para falar com ela.
- Olá! – Disse ele com um sorriso de orelha a orelha. – Conheço o Byron desde miúdo e fico mesmo contente por ver que continua a ter bons modos.
- Jièkǒu, Jièkǒu. – Disse ela. Bem, mas que rapariga estranha.
- É o teu nome? – Coitado do meu rapaz. Os olhos dele até brilhavam. Ela não lhe respondeu, mas mesmo assim ele não desistiu:
- O…meu… nome…é…Byron – Para ser sincero, falou como se ela fosse uma atrasada mental, mas não liguei muito. Sempre adorei assistir a este tipo de espetáculos, nada é tão bom como uma boa fofoca.
- Xue. – Disse ela, mais para mim do que para ele. Arbusto -1 e garanhão – 0. 

XOXO, Ember Blue

4 comentários:

Diz-me o que te vai na alma :)