sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Writing challenge - Fiction - 003. A scene you’ve always wanted to write but never did

(Image) - tau's soup


- É hoje! De hoje não passa – disse Patrícia para sim mesma. – Vou tentar a minha sorte. Tenho de ser forte de uma vez por todas!
Pegou no seu portátil e “escolheu” algumas agências para as quais ia enviar umas fotos. Claro que já estavam mais do que escolhidas, pois não se passava um dia em que esse assunto não ocupasse o seu pensamento. Todos os dias, antes de dormir pensava nisso, e mesmo antes de adormecer, pensava que Deus não lhe podia ter concedido um desejo, um sonho tão grande, se este não fosse para ser realizado.
Já tinha esperado cerca de seis ou sete anos, pois desde novinha que ser modelo era aquilo que desejava com todas as suas forças. O sonho, neste momento, já estava tão forte e intenso, que era como um pequeno monstro que tivesse crescido. Antes, era ela quem o alimentava, mas agora, ele alimentava-se dela.
- E se não for escolhida? E se perder esta oportunidade para sempre? E se estiver enganada, e quando enviar as minhas fotografias, eles se fiquem a rir de mim?
            Estes eram pensamentos que também não abandonavam a mente de Patrícia. As suas inseguranças eram muito fortes, e davam-lhe medo. Ela tinha medo do medo. Receava falhar, era demasiado orgulhosa para isso.
A vida ensinou-lhe a ter mais segurança em si própria. Ao longo dos anos, foi percebendo que era capaz de muito mais do que pensava que fosse. Afastou-se das pessoas que a puxavam para trás, e de todas as que não lhe faziam bem. Mesmo assim, normalmente os outros confiavam mais nela do que aquilo que ela confiava nela própria.

Clicou no botão “enviar” e fechou o computador com os nervos. Já tinha pesquisado tudo o que havia para pesquisar sobre o tema, já sabia de cor todas as dicas que as modelos e produtoras de moda tinham para dar. Estava preparada para que desse e viesse, menos para a rejeição. Isso seria algo intolerável. Algo que ela nunca sentira e que não saberia digerir.

XOXO, EMBER BLUE

4 comentários:

  1. Gostei bastante! :) Acho que não conhecia o teu blog, seja como for já te sigo :D Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Estou a adorar acompanhar este teu desafio :D e esta cena relembra-me de que realmente temos de arriscar senão nunca saberíamos o que poderia ter sido se tivéssemos arriscado

    ResponderEliminar

Diz-me o que te vai na alma :)