sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Writing challenge - Fiction - 001. a love scene

Dare To Sparkle | via Tumblr

- Eu estava lá, eu vi. – Olhei-o nos olhos, observei o olhar doce e o cabelo cor de mel cativante, mas não estava a disposta a deixá-lo ganhar tão facilmente.
- Viste? – Ele levou as mãos à cabeça e afastou-se. – Tu pensas que viste, mas enganas-te! Enganas-te e muito…
- Então se achas que eu estou enganada, explica-te. – Percebi que se calhar estava a ser um pouco mazinha de mais, talvez até a exagerar, mas o orgulho não deixava que a minha boca se fechasse.
- Ela ameaçou-me.
- O quê? Layne, o que estás a dizer?
- Foi aquilo que tu ouviste, Hayleigh. Querida, não quero ficar chateado contigo por causa disto…mas ela ameaçou que…
- O que é que ela ameaçou meu amor? – Comecei a ficar preocupada.
- Ela ameaçou que me ia roubar aquele caracol do teu cabelo. Aquele que eu tenho prendido ao meu anel…e que prova o nosso amor. Sabes que a Baylee nunca chegou a aprender o que era o respeito, e é algo que nunca lhe poderei ensinar. – Vi o quanto magoado o Layne estava com tudo isto. Percebi que estava tenso e, principalmente, triste. – Mas não te preocupes, querida Hayleigh. Apenas estávamos no quarto dela porque ela assim o quis. Disse que assim tínhamos mais privacidade, e foi aí que me obrigou a assinar o contrato.
- Então a partir de agora, toda a herança, todas as propriedades e todas as receitas das vendas da mercearia da tua tia passarão diretamente para a tua prima Baylee, e praticamente nada para nós. Certo?
- Sim, certo… - Assentiu, com um ar magoado, arrependido e impotente.
- O dinheiro não trás felicidade, e nós não estamos propriamente mal. Tudo se há-de compor, tenho a certeza. – Disse eu para o confortar. – Além disso, prezo muito a tua atitude para comigo, com a situação do anel. Fico contente por saber o valor que lhe deste.
            O Layne virou-se, mostrando que o assunto estava terminado e bem resolvido. Olhou para uma antiga fotografia do casamento dos seus pais e orou baixinho.
            Retirei-me e fui dobrar umas cortinas. Apesar de esse ser o trabalho das criadas estava a precisar muito de me entreter. Enquanto o fazia, os pensamentos e inquietações iam assentando. A respiração controlada mandou fora a angústia, e tudo parecia voltar finalmente ao normal.  


XOXO, Ember Blue

9 comentários:

  1. Está excelente :D mas posso esperar pelos próximos episódios :D

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Ficarei a aguardar o resto do capitulo :)

    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Gostei tantoooo :D
    ansiosa pelos próximos capítulos!

    Beijinhoooos,

    http://princesasemtiara.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar

Diz-me o que te vai na alma :)